Vistoria na construção civil: o que é e qual sua importância para o projeto?

Vistoria na construção civil: o que é e qual sua importância para o projeto?

Da execução da obra à entrega de um imóvel é imprescindível buscar o máximo padrão de qualidade e conformidade. Para isso é importante que os ambientes sejam vistoriados, garantindo que qualquer problema será observado e, posteriormente, corrigido.

Um dos procedimentos mais comuns no mercado imobiliário é a verificação do ambiente em que será iniciada uma obra ou do próprio imóvel depois de pronto. Esse procedimento é a vistoria na construção civil, que deve servir como um registro das condições da área vistoriada.

Assim, a vistoria atende, sobretudo, à necessidade de documentar as características da edificação, servindo tanto como uma referência que será observada por construtoras, clientes e profissionais da área. Esse é um trabalho que servirá para ações preventivas, corretivas e até mesmo para segurança jurídica dos envolvidos.

Entenda melhor o que é e como funciona a vistoria na construção civil!


O que é a vistoria na construção civil?

A vistoria na construção civil é o processo de verificação dos principais elementos de uma obra. Podemos entendê-la como uma averiguação, que segue métodos e processos a fim de identificar as condições de uma edificação como um todo ou de partes dela.

Vale reproduzir aqui o entendimento do Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (Confea), que define que a vistoria é a “atividade que envolve a constatação de um fato, mediante exame circunstanciado e descrição minuciosa dos elementos que o constituem, sem a indagação das causas que o motivaram”.

É importante observar, a partir dessa descrição, que a vistoria na construção civil pressupõe a elaboração de um relatório ou laudo, no qual devem estar descritas todas as condições do local analisado.

O objetivo central da vistoria é avaliar a situação do ambiente de forma antecipada e preventiva. Essa análise pode ser feita tanto em obras como em estruturas que ainda estão em construção e deve gerar relatórios analíticos, com todas as informações necessárias sobre as condições do local.

Graças a esse trabalho, é possível tomar as melhores decisões quanto à segurança do espaço ou mesmo em relação à preservação do ambiente. Nesse último caso, podemos lembrar das vistorias imobiliárias feitas antes da locação ou venda. Para entender melhor, conheça os dois tipos principais de vistorias.


Vistoria antecipada

A vistoria antecipada é feita em imóveis prontos, antes da entrega das chaves para os compradores. Trata-se de um direito garantido aos clientes da construtora, mas serve como garantia para as duas partes.

Isso porque a vistoria vai indicar em quais condições o imóvel está sendo entregue. Ou seja, o relatório deve indicar, para o comprador, se todos os itens que constam no contrato foram contemplados. Havendo necessidade, é possível fazer correções antes de concretizar a entrega das chaves.


Vistoria cautelar

Há, também, a vistoria cautelar que se concentra na averiguação dos imóveis localizados no entorno de uma construção que ainda será iniciada. É uma medida fundamental para indicar como a obra deve ser conduzida, se há riscos de danos aos imóveis próximos e quais são as técnicas e equipamentos mais adequados para o serviço que será executado.

A vistoria cautelar serve como uma referência, pois ao longo da obra serão feitas novas análises que deverão ser comparadas com o relatório da vistoria cautelar. Assim, é possível dimensionar efeitos nas construções do entorno. Além disso, a vistoria cautelar é um documento que garante segurança jurídica à construtora em caso de litígios futuros.


O que deve ser verificado na vistoria?

A vistoria na construção civil divide-se em três grandes áreas:

    hidráulica;
    elétrica;
    estrutural.

São áreas com características distintas. Assim, é importante atentar para os aspectos principais a serem verificados. Confira!


Hidráulica

A parte hidráulica engloba todos os itens que se relacionam com a vazão hídrica. Durante a vistoria deve ser observado se há vazamentos nas instalações ou se existem canalizações defeituosas. Esse trabalho se estende a todos os materiais instalados, como pias, vasos sanitários, torneiras, chuveiros e outros pontos de vazão.

Durante a vistoria na parte hidráulica é fundamental verificar não só se as instalações estão preservadas como, também, se o fluxo de água é adequado.


Elétrica

Na vistoria da parte elétrica concentram-se as análises sobre lâmpadas, interruptores, tomadas, equipamentos e cabeamento. A vistoria deve observar se as instalações estão adequadas para o ambiente. É importante verificar se há cabos ou fios soltos ou desgastados e se todas as instalações estão adequadas.

É importante observar se há adequada distribuição de pontos de tomadas e se os padrões de energia fornecidos estão corretos.


Estrutura

A vistoria na construção civil deve observar, ainda, aspectos estruturais. É uma análise mais abrangente, pois contempla itens que vão das estruturas construtivas, que dão sustentação à edificação, a itens como portas, grades e janelas. Nessa verificação é importante verificar as condições e padrões de qualidade dos materiais usados nas estruturas, como concreto, e comparar os dados com o que está descrito na planta.

Outro ponto importante é calcular as medidas dos ambientes que compõem o imóvel para auferir a metragem quadrada. Os itens usados na estrutura, como pisos e rodapés, também precisam ser calculados.

De quem é a responsabilidade pela vistoria?

Por todos os detalhes técnicos e procedimentos, a vistoria na construção civil só deve ser realizada por profissionais da área, como engenheiros civis e arquitetos, registrados no contato com o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA).

A escolha do responsável pela vistoria, nesse caso, deve levar em consideração o tipo de análise a ser feita e qual é o ambiente ser vistoriado. Assim, é possível contratar um profissional especializado nesse tipo de serviço.

Durante o processo de vistoria, o engenheiro civil ou arquiteto deve seguir métodos específicos para reunir todos os dados necessários para atestar as condições do ambiente, englobando cálculos, testes de qualidade e registros fotográficos. As fotografias são importantes, sobretudo em pontos onde for identificado algum problema para que, dessa forma, seja possível apontar claramente o erro e buscar a correção da falha.

É importante recobrar que a vistoria na construção civil é, especialmente, um procedimento de registro. Ao final, deve resultar em um documento detalhado sobre o ambiente vistoriado. Por isso, é tão importante acrescentar dados e imagens ao relatório.

 

FONTE: https://blog.belgobekaert.com.br/vistoria-na-construcao-civil-o-que-e-e-qual-sua-importancia-para-o-projeto/

Siga-nos

Assine Nossa Newsletter

Fique por dentro de todas nossas notícias, assine já: